Pastores percorrem 30 km para ir à igreja na África

Por em 15.06.23

2124710734 africa pastores mme

Todos os anos, a Missão Mãos Estendidas (MME) realiza a entrega de centenas de bicicletas para pastores e líderes de aldeias na África. Nas aldeias remotas, a bicicleta não é apenas um item de passeio, mas um meio de transporte essencial. É o que leva alguém ao trabalho, serve como ambulância quando alguém está doente e conecta os pastores às suas igrejas.

“As igrejas de onde saem esses pastores, no povoado, são distantes. Eles costumam andar no mínimo 30 quilômetros para ir às igrejas ou visitar as casas. O trajeto às vezes acontece pelas zonas montanhosas. Se não há bicicletas, eles vão a pé mesmo.”

Pastor Antonio Bernardo Chaebande

A entrega das bicicletas é realizada durante o Seminário Bíblico Intensivo, realizado em Moçambique duas vezes por ano, na qual pastores brasileiros promovem capacitação teológica a pastores africanos. Cada seminário costuma reunir cerca de 200 pastores de aldeias de Moçambique e Zimbabwe. Além de transmitir conhecimento, a MME os apoia com recursos financeiros, doados através de pessoas que apoiam o projeto.

A MME atua há mais de 23 anos na África com um trabalho extenso em campo: são mais de 350 igrejas em 4 nações, localizadas principalmente no interior da África, só em Moçambique, são mais de 200 igrejas.

Outro ponto destacado pelo pastor Chaebande é a transformação social gerada através do trabalho da MME. Depois que o ciclone Freddy provocou um cenário de devastação em Moçambique e Malawi, quase 30.000 toneladas de alimentos e 10.000 metros de lonas foram distribuídos pela missão.

“A Missão Mãos Estendidas têm feito grandes esforços ao distribuir lonas, alimentação e essas bicicletas. Isso mostra que há uma mudança na vida social”


Atos FM – SD

na trilha da sua vida

No AR Agora

Title

Artist

Ativar Notificações Ativar Não ativar