Escola de Elite em São Paulo Suspende Alunos por Atos Antissemitas

Por em 12.03.24

Uma escola de elite em São Paulo suspendeu seis alunos do 9º ano do ensino fundamental após terem praticado atos antissemitas contra um colega judeu. O adolescente de 15 anos, que recentemente ingressou na Beacon School, uma das escolas particulares mais prestigiadas do estado, foi alvo dos ataques.

Os seis alunos desenharam uma suástica, símbolo associado ao movimento nazista, e escreveram cânticos antissemitas e nazistas nos cadernos da vítima, com o intuito de evidenciar a presença de um judeu na turma.

Após relatar a agressão psicológica aos pais, estes cobraram medidas por parte da instituição escolar. Em resposta, a Beacon School afastou os alunos agressores e adotou uma série de medidas. A escola particular ressaltou que repudia veementemente qualquer manifestação de ódio e prestou acolhimento à família da vítima.

A Federação Israelita do Estado de São Paulo (Fisesp) manifestou repúdio aos atos antissemitas. Além disso, a Fisesp anunciou que contatou os pais do adolescente agredido e a escola. Está sendo formada uma parceria com a Federação para promover ações socioeducativas para alunos e pais, com o objetivo de combater outros possíveis casos de discriminação contra judeus. A Federação Israelita assegurou que atos antissemitas não serão tolerados nem no ambiente escolar, nem na sociedade em geral.


Atos FM – SD

na trilha da sua vida

No AR Agora

Title

Artist

Ativar Notificações Ativar Não ativar