Atos FM – SD

na trilha da sua vida

No AR Agora

Title

Artist

Criança autista sobrevive após 12 dias arrastada pelas águas de um rio

Por em 04.07.23

2809891601 marina murray
Marina Murray agradece a Deus após filha Jenysa Alleyne ser resgatada com vida.

Uma frase dita por Marina Murray, mãe da menina Jenysa Alleyne, encontrada 12 horas após ter sido arrastada pelas águas furiosas do rio Carapal, resume seu entendimento sobre o caso:

“Foi um milagre inexplicável e inacreditável que só pode ser obra de Deus”

A recuperação da menina, achada segura na manhã de sábado, causou uma celebração nacional entre “guerreiros de oração” e pessoas que foram às redes sociais para orar por um resultado positivo para a criança de cinco anos, diagnosticada com autismo. Sua condição de autista impediu Jenysa de gritar por socorro ou alertar as pessoas sobre seu paradeiro no ambiente desolado, habitado por animais silvestres, cobras e jacarés.

Em frente ao centro de saúde distrital onde sua filha descansa depois de ser tratada, Murray lembrou que sua fé vacilou momentaneamente depois de saber do desaparecimento de Jenysa.

“Eu decidi que iria pegar o corpo da minha filha. Fui ao mar e disse ao mar para liberar o corpo da minha criança para que eu pudesse enterrar minha filha. Faz três anos que minha filha não fala, três anos desde que minha mãe faleceu e minha filha foi diagnosticada com autismo e meu filho não conseguia nem gritar ‘mamãe’. É só Deus e a equipe de busca, eles foram fortes para mim.”

Murray conta que de olhos fechados e mesmo com um aperto no estômago louvava a Deus enquanto a equipe de Busca e Resgate dos Caçadores procurava por sua filha. Sob a liderança do capitão Vallence Rambharat, eles conseguiram encontrar Jenysa viva na água, agarrada a alguns galhos, a cerca de quatro quilômetros da casa de seu pai, em Erin.

Murray explicou que na terça-feira, Jenysa, que mora com ela em Maloney, veio a Erin para visitar seu pai, Jason Alleyne, de quem ela está separada. Ela deveria voltar na quinta-feira, mas a família do pai pediu para que ela ficasse mais, para que outros membros a conhecessem.

Murray contou que por volta das 17h de sexta-feira, Jenysa estava deitada no chão brincando enquanto o pai tomava banho e, em uma fração de segundo, ela desapareceu. Uma tia explicou que Jenysa havia sido levada à praia no início da semana e que adorava a água, por isso pensaram que ela estivesse por lá e com isso Murray logo ficou desesperada ao saber do acidente

Após a criança ter sido encontrada e levada para o centro médico, Murray orou pela Equipe de Busca e Resgate dos Caçadores, para que Deus os mantenha fortes e para que o Governo faça algo para ajudar no trabalho que eles estão fazendo voluntariamente.

“As orações movem montanhas e podemos fazer muito quando nos unimos como nação. Temos que continuar protegendo nossos filhos. Este é um momento em que não podemos nos dar ao luxo de perder mais. Obrigada, Senhor.”


Atos FM – SD

na trilha da sua vida

No AR Agora

Title

Artist

Ativar Notificações Ativar Não ativar